Home / Notícia / Alunos da Escola do Sesi de Corumbá apresentam workshop sobre tecnologias primitivas

Alunos da Escola do Sesi de Corumbá apresentam workshop sobre tecnologias primitivas

13 de Setembro, 2017 | Acontece nas Casas | Educação e Formação Profissional | Unicom

Os alunos do 3º ano do Ensino Médio da Escola do Sesi de Corumbá apresentaram no dia 5 de setembro aos alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental um workshop sobre tecnologias primitivas, destacando que todos estão inseridos diretamente no processo transformador de escola tecnológica do século XXI.

Segundo o professor de Oficina Tecnológica, Carlos Roberto Leão Campos, a atividade teve como objetivo reconhecer o avanço da sociedade por meio das tecnologias, além de conscientizar os alunos do papel enquanto transformador da humanidade e promover o espirito inovador e criativo. 

“As tecnologias primitivas foram sem dúvida o empurrão que faltava para a evolução das sociedades de outrora para aquilo que somos atualmente. Estas primeiras tecnologias, embora rudimentares, levaram a um aumento da qualidade de vida e com certeza tiveram grande importância para o início do nosso desenvolvimento tecnológico. Então a ideia do workshop é justamente ressaltar a importância do avanço tecnológico para a humanidade ”, explicou Carlos Roberto Leão Campos.

Para a aluna Isadora Pereira Menezes, a atividade contribuiu para o aprendizado não só dos alunos que realizaram o workshop, como de todos que assistiram à apresentação. “Falamos sobre algumas tecnologias primitivas como a utilização de pele de animais para se aquecerem, como eles faziam o fogo, como era a divisão do trabalho. Fizemos uma apresentação bastante ilustrativa, que prendeu a atenção das crianças com o assunto interessante que foi explanado”, afirmou.

Já a aluna Maria Fernanda da Silva destacou a forma como foi apresentado o workshop. “ A apresentação foi feira de forma interativa para as crianças, prendendo a atenção delas. O assunto foi bem explicado, tirando todas as dúvidas dos colegas da classe e dos alunos do fundamental”, disse.