Home / Notícia / Biblioteca do SESI em Bataguassu promove campanha Bullying não!

Biblioteca do SESI em Bataguassu promove campanha Bullying não!

9 de Abril, 2021 | Acontece nas Casas | Educação e Formação Profissional | SESI | Dicom

  • bullyingzfotoz

Ações verbais, físicas ou psicológicas, que discriminam ou menosprezam o outro não podem ser consideradas nem de longe como brincadeira. O bullying é algo tão sério, que se tornou motivo de discussão frequente, especialmente dentro das instituições de educação.

Todas as formas de agressão têm impactos muito negativos para a vítima e, pensando nisso, a Biblioteca Indústria do Conhecimento do SESI em Bataguassu realizou uma ação no último dia 7 de abril, que é considerado o Dia Nacional de Combate ao Bullying. A coordenadora Claudenice Lacerda dos Reis com o auxílio da monitora da biblioteca Patrícia Carneiro preparou um banner informativo sobre o assunto.

A coordenação enviou mensagens aos usuários da biblioteca para participarem da ação, e também distribuiu a informação pelas redes sociais. O objetivo é alcançar o maior número de pessoas e sensibilizar sobre os danos que o bullying pode causar. “O Bullying ocorre diariamente dentro das escolas, lares, ambientes de trabalho trazendo muita dor e sofrimento. Cada um de nós pode contribuir para acabar com esse mal”.

Dia Nacional de Combate ao Bullying

A data 7 de abril de 2011 foi marcada por um dos atentados mais chocantes dentro de uma escola brasileira. O ex-aluno Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a escola municipal Tasso da Silveira, no bairro do Realengo, Rio de Janeiro. Armado, começou a disparar contra os alunos dentro de uma das salas de aula. No ataque matou 12 estudantes com idade entre 12 e 15 anos, além de ter deixado outros 20 feridos. O atirador, que na adolescência, havia sido vítima de bullying quando aluno daquela escola, cometeu suicídio logo após a ação.