Home / Notícia / Com alteração na Receita, Centro Internacional de Negócios orienta sobre habilitação do RADAR

Com alteração na Receita, Centro Internacional de Negócios orienta sobre habilitação do RADAR

11 de Julho, 2019 | Acontece nas Casas | Economia e Trabalho | FIEMS | IEL | Dicom

  • fotozsistemazradar

Os empresários sul-mato-grossenses já podem contar com o auxílio do CIN/MS (Centro Internacional de Negócios de Mato Grosso do Sul) para tirar dúvidas sobre as novas regras para habilitação do RADAR (Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros). A coordenadora do CIN/MS, Nathalia Alves, explica que o serviço de consultoria em comércio exterior para habilitação desse registro está à disposição dos interessados que estejam em busca de orientações para reabilitar o documento e, assim, manter-se legalizado para realizar operações no mercado externo.

Em maio deste ano, a Receita Federal alterou a Instrução Normativa nº 1.603, que estava em vigência desde 2015, e pegou de surpresa muitas empresas que atuam no comércio exterior. Com a mudança, o prazo de validade do RADAR foi reduzido de 18 para seis meses, sendo que o documento é obrigatório para importação e exportação e, sem ele, não é possível realizar qualquer operação de comércio exterior.

“As empresas que já tinham o RADAR com prazo de validade de 18 meses e que não operaram nos últimos seis meses tiveram o documento suspenso, impedindo a realização de operações no comércio exterior ”, pontuou Nathália Alves, completando que empresas interessadas em adquirir o RADAR precisam reunir e apresentar documentos que comprovem sua existência e atestem sua capacidade financeira. “Negócios já constituídos ou recém-abertos poderão fazer a solicitação”, acrescentou.

Porém, conforme a coordenadora o CIN/MS, algumas informações acerca do histórico da empresa podem fazer a diferença no momento de submeter o pedido do RADAR à Receita Federal, facilitando, ou não, a obtenção do documento. Os interessados em mais informações sobre este e outros serviços do CIN podem ligar no telefone (67) 3389-9254 ou comparecer pessoalmente na sede do Centro, que funciona no prédio da Incubadora Sindical da Fiems em Campo Grande, durante o horário comercial. 

Serviço – O CIN/MS funciona na Avenida Afonso Pena, 1.031, Bairro Amambaí, em Campo Grande (MS)