Home / Notícia / Com Monteiro Lobato, alunos da Escola do Sesi de Campo Grande aprendem gramática

Com Monteiro Lobato, alunos da Escola do Sesi de Campo Grande aprendem gramática

12 de Junho, 2018 | Acontece nas Casas | Educação e Formação Profissional | SESI | Unicom

Com o livro “Emília no país da gramática”, alunos da Escola do Sesi de Campo Grande aprenderam gramática de maneira lúdica, por meio de paródias, encenações, vídeos e discussões sobre a educação brasileira e suas regras. A professora da disciplina, Jaquelyne de Oliveira, dividiu os estudantes em grupos e aproveitou a aula diferente para mostrar a importância de ler. “Abordamos a importância da literatura brasileira, conceitos da gramática e da leitura sobre os olhos dos autores Monteiro Lobato e Paulo Freire. Foi tudo maravilhoso”, analisou.

Para os alunos, a experiência, além de produtiva, serviu para conhecer o trabalho de grandes nomes da literatura e da educação no País. “Foi uma experiência muito boa, aprendemos bastante e de uma forma diferente, ademais ficamos mais encantado com a vida e literatura de Monteiro Lobato”, disse Gabriela Targino. “Aprendemos mais sobre o livro de uma maneira diferente, além do mais a forma de apresentação foi bem diferenciada em comparação aos outros trabalhos de outras disciplinas”, completou Gabriela Mendes.

“Foi uma aula produtiva, houve um aprofundamento na literatura de Lobato, incentivando a curiosidade sobre os seus livros”, avaliou Trevor da Silveira sobre a atividade. “O trabalho mostrou uma nova percepção da língua portuguesa, mostrou-me que não é tão difícil a nossa língua”, disse Pâmela Falcão. Para Iasmim Lopes, “foi produtivo, pois foi um auxílio para uma melhor aprendizagem das classes gramaticais”.

“Com o trabalho, tivemos a oportunidade de apresentar aos colegas o objetivo de Monteiro em ensinar a língua portuguesa, fazendo uma comparação com o educador Paulo Freire”, acrescentou Vitor Ogura.“O trabalho, além de  proporcionar um melhor entendimento da gramática, também estimulou a criatividade de cada aluno”, concluiu Edy Sanches.