Home / Notícia / Em iniciativa inédita, CNI lança livro sobre o futuro da formação em engenharia

Em iniciativa inédita, CNI lança livro sobre o futuro da formação em engenharia

5 de Julho, 2021 | Acontece nas Casas | CNI | FIEMS | cni

Depois de contribuir com as novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) de Engenharia, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) lançaram nesta sexta-feira (2), em reunião virtual, o livro “O futuro da formação em Engenharia: uma articulação entre as demandas empresariais e as boas práticas nas universidades”.

A publicação reúne 12 artigos de instituições de ensino e empresas da MEI que participaram do primeiro ciclo de debates online de implantação das DCNs, organizado em parceria pelo GT de Engenharia-STEAM da MEI/CNI, Conselho Nacional de Educação (CNE), Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge) e Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).

Partindo do princípio de que os mundos da educação e do trabalho devem caminhar lado a lado, o objetivo do livro é contribuir para aproximar a indústria e a academia, de modo a reorientar as mudanças nas graduações de Engenharia, em consonância com os desafios globais, as novas tecnologias e com os perfis profissionais cada vez mais requisitados para a realidade da Indústria 4.0

O conjunto de visões e experiências compartilhadas poderá inspirar empresas e instituições de ensino a se engajarem nesse movimento de transformação da educação tão necessário para o desenvolvimento social e econômico.

Pelo lado empresarial, participam Embraer, Concremat e ArcelorMittal, apresentando tendências em seu setor e iniciativas de parceria com universidades. A publicação também traz as experiências de instituições de ensino superior para oferecer cursos em moldes mais modernos e alinhados às demandas da sociedade. Os capítulos são escritos pelo SENAI-CimatecInsperInstituto Mauá de TecnologiaCentro Universitário FEIUnisinosPUC-PR, Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade Federal de Itajubá (Unifei). 

Profissionais para a realidade da evolução digital

A diretora de Inovação da CNI, Gianna Sagazio, destacou, durante a reunião de lançamento do livro, que a publicação busca colaborar para que cada vez mais instituições de ensino de engenharia adotem processos focados na preparação de engenheiros capacitados para as grandes transformações que o mundo atravessa. “Profissionais mais qualificados são imprescindíveis para acompanhar a evolução digital e a quarta revolução industrial”, disse Gianna.

O vice-presidente de Engenharia da Embraer, Luís Carlos Affonso, destacou que o livro relata toda a mudança cultural que empresas e universidades vêm experimentando a partir das novas DCNs de Engenharia.

“O livro traz para nós a confirmação de que adotamos um bom modelo, seja para empresas seja para universidades. Sabemos que o caminho é longo, de mudança, de capacitações e de transformação cultural, mas é espetacular poder mostrar o lado da demanda das empresas e o que as universidades, que já estão avançadas nessa jornada, trazem de experiências e lições aprendidas”, pontuou Affonso.

“A construção de um futuro com mais inclusão, mais equilíbrio, mais bem-estar passa por desenvolver tecnologias e inovações que melhorem a qualidade de vida das pessoas. Isso se faz com uma indústria inovadora, dotada de uma engenharia de ponta. Essa é a razão pela qual não podemos dissociar educação e mercado, educação e capacidade de inovação”, destaca o prefácio do livro.