Home / Notícia / Escola do Sesi de Três Lagoas encerra projeto de leitura com palestra sobre apicultura

Escola do Sesi de Três Lagoas encerra projeto de leitura com palestra sobre apicultura

12 de Abril, 2019 | Acontece nas Casas | Educação e Formação Profissional | SESI | Dicom

  • img_20190409_wa0108
  • img_20190409_wa0106
  • img_20190409_wa0102
  • img_20190409_wa0098
  • img_20190409_wa0056
  • img_20190409_wa0048
  • img_20190409_wa0034
  • img_20190409_wa0030
  • img_20190409_wa0026
  • img_20190409_wa0019
  • img_20190405_wa0028
  • img_20190405_wa0020

Para encerrar o projeto bimestral de leitura, alunos do 1º ano do Ensino Fundamental da Escola do Sesi de Três Lagoas assistiram a uma palestra sobre apicultura, apresentada pela apicultora Cristina Ramires, mãe do aluno João Lucas Ramires.

Os alunos estavam lendo o livro “Abelha abelhuda”, dos autores Heliana Barriga e Mário Barata, que narra a história da importância das abelhas parao equilíbrio do ecossistema e polinização das flores. Também foi proposta a confecção de uma almofada, e os alunos pintaram uma colmeia e as abelhas.

Cristina Ramires participa cooperativa Cooperams, uma apícola de Três Lagoas, compartilhou seus conhecimentos sobre a vida das abelhas, mostrando como ocorre a polinização, os tipos de abelhas existentes no Brasil, como é formada uma colmeia, a função da abelha rainha e das abelhas operárias, entre outras curiosidades. Também mostrou as caixas de formação das colmeias e trouxe mel para as crianças provarem.

“As professoras tiveram a preocupação em ampliar com o trabalho de leitura com o livro adotado no primeiro bimestre, trazendo novas informações aos alunos por meio de estudo e palestra com a apicultora que compartilhou seus conhecimentos e experiências com os alunos das turmas, o que foi muito valioso e enriquecedor para todos”, comentou a diretora da Escola do Sesi de Três Lagoas, Zuleica Alves Guimarães, sobre a atividade proposta.

“O projeto de leitura vai além do letramento, ele traz significância na aprendizagem por meio do trabalho de pesquisa e concreta. Os educandos não só aprenderam sobre a vida das abelhas, como também a importância delas para no meio”, acrescentou a professora Eliane Colen, que organizou a palestra.

Para os alunos, a experiência de conhecer as abelhas do livro de perto foi enriquecedora. “Eu aprendi que as abelhas Jataí tem o mel mais apropriado porque tem menos açúcar”, comentou o aluno José Estevão Felix Silva.

“Gostei muito da atividade e achei incrível saber sobre a vida das abelhas. Provar o mel foi muito bom”, acrescentou Lina Tovar Oshiro. “Foi interessante saber sobre como o mel é produzido. Também gostei de provar o mel”, completou Giovana Eubant.