Home / Notícia / FIEMS defende passaporte de imunidade da covid-19 para empresas de Mato Grosso do Sul

FIEMS defende passaporte de imunidade da covid-19 para empresas de Mato Grosso do Sul

27 de Setembro, 2021 | Acontece nas Casas | Saúde | FIEMS | SESI | SENAI | Dicom

  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz48
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz12
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz6
  • retomada_ms_vacinacao_covid_albano_francoz2
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz62
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz61
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz60
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz55
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz54
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz51
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz47
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz44
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz39
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz37
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz36
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz35
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz32
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz31
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz30
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz28
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz26
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz25
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz24
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz23
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz22
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz20
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz19
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz18
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz14
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz9
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz8
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz1
  • retomada_segura_selo_fiems_vacinacao_covidz76

O presidente da FIEMS, Sérgio Longen, defendeu nesta segunda-feira (27/09), a obrigatoriedade do passaporte de imunidade para empresas de Mato Grosso do Sul. A defesa ocorreu no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, durante o evento de comemoração da marca de mais de 70% da população do Estado acima de 18 anos com o ciclo vacinal contra a covid-19 completo.

Segundo Sérgio Longen, a iniciativa privada e o setor público trabalharam ativamente para garantir a vacinação para todos os sul-mato-grossenses e, agora, o foco deve estar na busca por aqueles que ainda não tomaram nenhuma dose do imunizante. “Entendemos que os protocolos de biossegurança são necessários e precisamos convencer a população da importância da vacinação e também da comprovação dessa vacinação. O passaporte da imunidade é uma defesa que nós empresários fazemos e entendemos que é a forma de avançarmos com a vacinação”.

Ainda conforme o líder industrial, a FIEMS vai adotar a medida, assim como as indústrias. “Precisamos envolver a sociedade para a vacinação e também para o respeito aos protocolos de segurança em supermercados e demais estabelecimentos empresariais. Para incentivar isso, criamos o “Selo Ouro”, que indicará que todos os trabalhadores de determinada indústria estão vacinados. É uma forma de reconhecer essa empresa e também estimular que mais pessoas busquem a vacina e, assim, tenhamos a imunidade coletiva e, assim, voltemos à normalidade”.

Retomada Segura MS - pacote de medidas sanitárias para ajudar a economia

Ainda durante o evento, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, comemorou os números e aproveitou para lançar o programa “Retomada Segura MS”, que estabelece um pacote de medidas sanitárias que garantam maior segurança para o funcionamento dos diversos setores da economia do Estado e da população em geral.

Geraldo Resende explicou que, com base nos indicadores atuais da pandemia, com redução de casos ativos, queda sustentada das taxas de hospitalização e dos óbitos, é o momento de retornar às atividades rotineiras. “Mas precisamos garantir que este retorno seja seguro para todos. Por isso, as nossas equipes criaram medidas que visam estabelecer cuidados, de forma a não impactar e retroceder os índices alcançados no combate à pandemia covid-19. Sonhamos para que cheguemos a 100% da vacinação e zero óbito. Queremos um debate na Assembleia, um projeto nesse sentido deverá ser encaminhado ainda nesta segunda-feira”.

Selo Ouro defendido pela FIEMS pode inspirar outras federações

O secretário ainda elogiou a iniciativa da FIEMS com relação ao Selo Ouro. “A Federação das Indústrias está dando um norte e abrindo o caminho e esperamos que outras federações possam seguir esse exemplo. A FIEMS assume aqui a parceria nesse programa do Selo Ouro para indústrias livres de covid-19 e queremos conversar com demais federações para se comprometerem com essa busca ativa por pessoas que não se vacinaram para que se vacinem”.

Na avaliação do secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, a marca de mais de 70% da população sul-mato-grossense com mais de 18 anos imunizada para a covid-19 é motivo de orgulho e gratidão. “Nós não deixamos essa doença ser motivo de politicagem e trabalhamos sincronizados, poder público e iniciativa privada, com um único objetivo, que foi estruturar a rede de saúde, proteger as pessoas, manter a economia e garantir que a vacina chegasse a todos, atingindo hoje a imunidade coletiva. Agora precisamos incentivar que mais pessoas busquem a imunização e monitorar e acompanhar os indicadores”.

O presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, elogiou o trabalho desenvolvido em Mato Grosso do Sul desde o início da pandemia. “Poder público e iniciativa privada, encabeçada pela FIEMS, trabalharam sempre unidos e por isso nosso Estado tem sido destaque tanto no enfrentamento à covid-19 como na vacinação, sendo o primeiro a atingir a imunidade coletiva”.

Também estiveram presentes ao evento o secretário municipal de Saúde de Campo Grande, José Mauro Filho, o prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, representando a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes, e a advogada Marina Mandetta, que integra o Grupo Mulheres do Brasil.

Assista às entrevistas do evento promovido pela FIEMS que marcou a imunização coletiva de MS