Home / Notícia / FIEMS recebe visita de empresários do setor de calcário para apresentar soluções de melhoria

FIEMS recebe visita de empresários do setor de calcário para apresentar soluções de melhoria

17 de Setembro, 2021 | Acontece nas Casas | Economia e Trabalho | FIEMS | SESI | SENAI | IEL | Dicom

  • reuniao_empresarios_mineracao_fiems
  • iel_sesi_fiems_reuniao_empresarios_mineracao
  • reuniao_fiems_mineracao

A FIEMS (Federação das Indústria do Estado de Mato Grosso do Sul), representada pelo chefe de gabinete da presidência, Robson Del Casale, recebeu nesta sexta-feira, 17 de setembro, no edifício Casa da Indústria, em Campo Grande, empresários do setor de calcário para apresentar soluções de melhoria no ramo extrativista.

O objetivo do encontro foi estreitar laços com dirigentes empresariais e demonstrar como o Sistema FIEMS pode contribuir para o desenvolvimento do setor. “Oferecemos uma série de benefícios e serviços para as indústrias de Mato Grosso do Sul, que envolvem desde a qualificação profissional, recrutamento, estágios, saúde e segurança no trabalho, até a inovação de produtos e processos. É uma infinidade de serviços para auxiliar a competitividade da indústria. Essa é a razão de existir do SESI, SENAI e IEL”, afirmou o chefe de gabinete, representando no encontro o presidente da FIEMS, Sérgio Longen.

Sistema FIEMS ajuda empresários a conquistar mais competitividade no mercado

O superintendente do SESI em Mato Grosso do Sul, Régis Borges, destacou a capacidade do Sistema FIEMS de atuar em favor das demandas da indústria sul-mato-grossense. Entre escolas, bibliotecas e unidades, o Sistema está presente em 39 municípios do Estado. “Sabemos da dificuldade que muitas empresas enfrentam para encontrar mão de obra qualificada, por exemplo. Temos uma capilaridade muito grande e podemos ajudar os empresários a encontrar e formar talentos na própria região de atuação. Nossa gama de serviços é grande, e nossa abordagem junto às empresas é de entender suas dores para identificar soluções aos problemas”.

Durante a reunião, os empresários fizeram um breve panorama do setor e afirmaram que o mercado está aquecido atualmente. Mesmo assim, as empresas continuam buscando estímulos para aumentar a produção e enfrentar a concorrência. Nesse contexto, o superintendente do IEL, Silvio Marães, chamou a atenção para as oportunidades de negócio que devem surgir para a indústria sul-mato-grossense com a implantação da Rota Bioceânica – corredor rodoviário que será uma importante alternativa logística para interligar quatro países. “A partir dessa reunião, irei determinar ao Centro Internacional de Negócios (CIN) da FIEMS que seja realizado um estudo de viabilidade de mercados externos, como Paraguai e Bolívia, para identificar novas oportunidades ao setor de calcário”. 

Uma das empresas ouvidas na reunião foi a Calcário Bonito Ltda, que conta com unidades em Bonito e Bela Vista. A companhia é comandada por Christian Bigaton, que também administra a Mineração Calbon, em Miranda, e a Pedreira Britamat, em Terenos. Juntas, as empresas geram cerca de 130 empregos. “As empresas do nosso ramo já atuam com elevados padrões de qualidade, e sabemos que podemos produzir até 50% a mais se contarmos com o apoio necessário”.

Na mesma linha, o gerente administrativo da Calcário Bela Vista, Hercílio Messias Júnior, afirmou que as empresas de Mato Grosso do Sul têm competitividade em relação aos grandes centros, mas ainda há espaço para expandir os negócios. "Temos alguns desafios em termos de logística, mas nosso produto tem qualidade e podemos crescer ainda mais".