Home / Notícia / Investimento industrial transforma Dourados no segundo maior exportador de Mato Grosso do Sul

Investimento industrial transforma Dourados no segundo maior exportador de Mato Grosso do Sul

13 de Janeiro, 2021 | Brasil e Mundo | Indústria | Semagro

Dourados ultrapassou Campo Grande e em 2020 assumiu a segunda posição entre os municípios que mais exportam em Mato Grosso do Sul. Dados da Balança Comercial compilados pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), mostram que o município passou a representar 11,9% de tudo o que o Estado envia ao exterior. Confira aqui a Carta de Conjuntura do setor externo.
Fruto da política de desenvolvimento econômico adotada pelo Governo do Estado, o aumento nas exportações é reflexo de investimentos privados que contribuem para diversificar a matriz econômica e agregar valor à matéria-prima local. Exemplo claro é a Coamo, inaugurada no fim de 2019, o Complexo Industrial é responsável pela produção de farelo e óleo de soja.
O resultado de um ano de produção da indústria pode ser verificado no balanço das exportações de 2020. No ano passado, Dourados aumentou em 2,734% o volume de farelo de soja exportado, além de 251% nas vendas externas de óleo de soja e de 53% na comercialização de soja ao exterior. Foram 32 mil toneladas de óleo de soja exportado em 2020 contra 9 mil toneladas em 2019.
O farelo de soja saltou de 15 mil toneladas em 2019 para 435 mil toneladas em 2020 e as exportações de soja pelo município que somavam 638 mil toneladas em 2019, chegar a marca de 981 mil toneladas do grão enviadas ao mercado externo. No ano passado, Dourados também aumentou as exportações de carnes suínas, bovinas e de aves.
“Mato Grosso do Sul foi escolhido para receber o complexo industrial da Coamo, considerado o maior investimento em esmagamento de soja no país, por ter um ambiente de negócios seguro e competitivo. São estratégias adotadas pelo Governo do Estado, com foco no desenvolvimento econômico que tem proporcionado empreendimentos dessa magnitude que geram emprego, renda e divisas para o Estado”, afirma o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck.

10 maiores exportadores de MS
Conforme balanço das exportações de 2020, em Mato Grosso do Sul 10 municípios correspondem por 83,5% de tudo o que é enviado para outros países. Três Lagoas lidera o ranking com participação de 41,8% devido a celulose, seguido por Dourados com 11,9%, Campo Grande com 9,12, Corumbá com 4,84% e Chapadão do Sul com 3,86%.
Em sexto no ranking aparece Naviraí com participação de 3% nas exportações, seguido de Bataguassu com 2,52%, Sidrolândia com 2,26%, Antônio João em nono com 2,21% e, por fim, Itaquiraí fecha a lista dos 10 com participação de 1,91% do total.
Outro destaque de 2020 é Antônio João que entrou para o ranking dos 10 após aumentar em 391% as exportações de soja. Se em 2019 o município exportou 58 mil quilos do grão, no ano passado alcançou 288 mil quilos enviados ao mercado externo.