Home / Notícia / Rede de Centros Internacionais de Negócios completa 20 anos de atuação

Rede de Centros Internacionais de Negócios completa 20 anos de atuação

10 de Agosto, 2018 | Acontece nas Casas | Indústria | FIEMS | IEL | Unicom

  • selo_20anos_rede_cin_colorida

A Rede CIN (Centro Internacional de Negócios) completa nesta semana 20 anos de atuação junto aos empresários de todo o Brasil e, em Mato Grosso do Sul, a unidade atua há mais de 15 anos na internacionalização das indústrias. De acordo com a gerente do CIN do IEL, Nathália Alves dos Santos, Mato Grosso do Sul ainda tem uma cultura exportadora baixa no setor industrial principalmente entre as pequenas e médias empresas e se comparado com outros Estados, mas o Centro tem trabalhado com o planejamento estratégico para as indústrias se consolidarem no mercado internacional.

“Em 15 anos, o CIN recebeu um grande aumento na demanda por serviços de internacionalização, principalmente, para aqueles que se interessam por instalação de indústrias no Paraguai e exportação de produtos para a América Latina. Além disso, o CIN também assessorar as empresas na importação de insumos e matérias primas para a utilização em sua produção, visando reduzir os custos do produto final e torná-lo mais competitivo”, relatou Nathália Alves.

Ela informa que o CIN disponibiliza assessoria e consultoria em comércio exterior, inteligência comercial, promoção de negócios, uso da plataforma Enterprise Europe Network (EEN) para a divulgação de produtos, capacitação e eventos em comércio exterior, recepção de delegações estrangeiras, defesa de interesses e a emissão de documentos que permitem acesso a diversos benefícios, como Ata Carnet, Certificação de Origem, Atestado de Produção, Atestados Fomentar Fronteiras, Certificados e Declarações de Livre Venda.

“Apenas neste ano já capacitamos 54 empresas para atuação na área por meio do circuito de comércio exterior que realizamos e que preparou as empresas desde a elaboração dos documentos para o comércio exterior até a negociação com potencial importador. Além disso, realizamos a missão empresarial à Feira Expo Paraguai em julho de 2018, quando, juntamente com o Sebrae-MS, levamos 30 empresas para a rodada de negócios Paraguai-Brasil com boas expectativas de negócios para os participantes da ação”, destacou a gerente do CIN.

Ainda conforme Nathalia Alves, o CIN já atendeu 528 empresas desde 2011 e só neste ano, três empresas de Mato Grosso do Sul conseguiram viabilizar sua primeira exportação graças às consultorias do Centro. “Na verdade, a gente pega na mão do cliente com o nosso serviço, que vai desde a inteligência comercial, que visa a preparar o empresário e os nossos cursos para poder negociar no comércio exterior. Não preparamos apenas para a negociação, mas acompanhamos todos os processos. Damos um atendimento personalizado para as empresas em todas as etapas do processo de exportação”, finalizou.