Home / Notícia / Sesi cria comitê especial para aprimorar Ensino Médio das 7 escolas da instituição em MS

Sesi cria comitê especial para aprimorar Ensino Médio das 7 escolas da instituição em MS

18 de Setembro, 2020 | Acontece nas Casas | Geral | SESI | Dicom

  • microsoftteams_imagez3
  • microsoftteams_imagez2

Em meio à quarentena provocada pela pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19), a Rede Sesi de Educação em Mato Grosso do Sul manteve a rotina das sete escolas da instituição no Estado dentro da maior normalidade possível. Além das aulas online em sala virtuais que alcançam até 97% de engajamento dos alunos, as escolas do Sesi também disponibilizaram oficinas e treinos de robótica a distância e lives multidisciplinares.

O trabalho da coordenação pedagógica da Rede Sesi de Educação no Estado continuou atuante e, além disso, intensificou-se diante do desafio de manter a qualidade do ensino em tempos de Covid-19. “Pensando neste desafio de manter o nível, a qualidade da educação tecnológica e a inovação das nossas escolas, foi criado o Comitê do Ensino Médio. As reuniões da equipe pedagógica, que já eram periódicas, agora serão encontros virtuais para discutir unicamente questões relacionadas ao Ensino Médio”, explicou o superintendente Bergson Amarilla.

A primeira reunião já foi realizada e teve como tema o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), cujo bom desempenho dos alunos pode ser determinante para ingresso nas principais instituições de ensino superior do Brasil. “A preparação dos alunos foi adaptada para um novo formato por causa da pandemia, mas o Enem será realizado normalmente, em novembro, e as ações que já estávamos desenvolvendo neste ano serão ainda mais assertivas para que nossos alunos tenham as melhores notas”, explicou a analista técnica em Educação do Sesi, Gláucia Campos. 

Neste ano, por exemplo, as setes escolas do Sesi no Estado promoveram diversos “aulões” virtuais preparatórios para o Enem, além de uma ação mais ampla, em julho, que envolveu alunos da 3ª série do Ensino Médio de todas as unidades. Na ocasião, a educadora Paula Giampietri Franco, da Geekie – plataforma de educação online utilizada pelas escolas do Sesi para auxiliar os alunos a estudar para vestibulares –, apresentou de dicas de como manter a rotina de estudos com as aulas online em casa. 

Agora, conforme definição na primeira reunião do Comitê do Ensino Médio, o próximo “aulão” terá como foco a Redação – usada como critério de desempate em várias universidades do País. “Em muitas instituições, públicas e privadas, a nota da redação é usada como critério de desempate para definir a colocação de cada candidato ou distribuir bolsas de estudos. E o candidato que zera a redação (o que pode acontecer por causa de pequenos erros) não pode participar do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), Prouni (Programa Universidade para Todos) e nem do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior)”, afirmou o coordenador do Ensino Médio da Escola do Sesi de Dourados, Evandro Cegatti.

Os alunos vão receber material de apoio para acompanhamento das aulas e as devidas instruções para a elaboração das redações e, de maneira interdisciplinar durante as aulas online, abordar temas e explorar contextos que podem ser tema da redação do Enem, outro fator que gera grande expectativa entre os alunos. As reuniões do Comitê do Ensino Médio estão previstas para serem realizadas periodicamente, sempre que surgir a necessidade de abordar novos temas, participando os diretores e coordenadores das escolas de Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Maracaju, Naviraí e Três Lagoas.

A Indústria continua por você!

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao novo coronavírus (Covid-19) na página especial do Sistema Fiems