Home / Notícia / Sindivest apresenta em Roraima iniciativas para beneficiar indústria do vestuário

Sindivest apresenta em Roraima iniciativas para beneficiar indústria do vestuário

4 de Outubro, 2016 | Acontece nas Casas | Geral | FIEMS | Unicom

  • boavistaz15z09z_z3
  • boavistaz15z09z_z2

Presidente do Sindivest/MS (do Sindicato da Indústria do Vestuário do Estado de Mato Grosso do Sul), Francisco Veloso foi convidado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) para apresentar a representantes de outras entidades do setor as práticas bem-sucedidas no Estado.

Veloso falou sobre sua experiência no “Bate-papo Sindical sobre Defesa de Interesses”, uma ação do Edital Avança Sindicato 2016, parte do Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA, realizado pela Fier (Federação das Indústrias do Estado de Roraima) no dia 15 de setembro, em Boa Vista.

O presidente do sindicato apresentou iniciativa com relação às conquistas no campo tributário, possibilitando às empresas do setor não enquadradas no Simples Nacional fazer jus aos benefícios estabelecidos no Decreto 13.715/2013. Os pequenos negócios optantes do Simples Nacional são contemplados pelo Decreto 12.392/2007, que os isenta do pagamento do ICMS garantido. 

A atuação institucional de Veloso também assegurou que os decretos que estabelecem os incentivos tenham validade até 2028. 

O êxito nessa ação foi possível após uma série de iniciativas adotas pelo sindicato. O primeiro passo foi o levantamento de dados, como o número de empresas sul-mato-grossenses ativas, a massa salarial e o volume de impostos arrecadados no Estado. 

Com este panorama em mãos, o presidente do Sindivest/MS, pôde construir argumentos favoráveis à concessão dos incentivos e demonstrar aos órgãos competentes a importância estratégica do setor. 

Os benefícios foram a ampliação do quadro social do Sindicato que, entre 2013 e 2015, cresceu 25% e, em relação às empresas tributadas sob o regime do Lucro Real, o desconto do ICMS evoluiu de 95% para 100% de isenção sobre os produtos comercializados, caso a empresa possua o Selo Verde, certificação relacionada ao cumprimento da legislação ambiental vigente no Estado. 

“O levantamento de dados é importante para, de forma coordenada, articular a competitividade por meio da sensibilização e conscientização, utilizando para isso a mídia de maneira a valorizar todos os envolvidos. É importante planejar e filtrar as informações para que os interesses dos empresários sejam sanados”, concluiu Veloso. 

O encontro foi conduzido pelo consultor da CNI, Amir Ben Kauss. Além de Veloso, foi convidado o presidente do Sindimadeiras/RO (Sindicato de Desdobramento e Beneficiamento de Madeiras, Laminados e Compensados de Roraima), Oneber Magalhães, que acrescentou à discussão práticas relacionadas ao tema. 

Também estavam presentes, representantes dos setores da Construção Civil, Construção de Estradas e Terraplenagem, Confecção, Madeira, Móveis, Joalheria, Reparação de Veículos e Gráfico. 

(Com informações da Fier)